Sensores de ambiência monitoram produções agroindustriais

As análises feitas por meio de sensores de ambiência estão entre as principais aplicações em nuvem no agronegócio. Com a adoção da tecnologia em granjas,  é possível realizar diagnóstico de possíveis problemas, desvios ou desperdícios em curso na produção. Dessa forma, podem ser executadas correções em tempo real. Assim sendo, o monitoramento pode proporcionar ganhos de produtividade. Tanto para produtores rurais quanto para agroindústrias. Exemplo dessa tendência é a solução “Gestão Avícola”, da E-Aware, empresa do SPRO Group.

 

Monitoramento com sensores de ambiência

Em síntese, por meio desses sensores, as mais diversas situações agora são traduzidas em dados.  Por sua vez, esses dados são transformados em informações que ajudam a melhorar ou mesmo alterar o processo de manejo. A solução permite o controle de todos os aviários de forma centralizada, com indicadores de cada granja.

 

Com isso, o produtor tem em mãos informações mais precisas, podendo aplicar diferentes formas de manejo, aumentando a eficiência do lote. Todo o ecossistema gera ganhos de rentabilidade para todas as pontas: o produtor, o integrador e o consumidor final, com rastreabilidade de todo o processo produtivo e garantia do bem-estar animal.

 

Tendência

Só para exemplificar, 69% dos líderes de Tecnologia da Informação consideram plataformas em nuvem importantes para posicionar suas empresas e aproveitar novas tecnologias. 64% consideram a nuvem para entregar serviços e aplicativos de forma mais rápida. Ainda, 62% dos decisores de tecnologia dizem que suas estratégias de nuvem são essenciais para permanecerem competitivos. É o que mostra uma pesquisa realizada em 2018 pela Frost & Sullivan.

Em síntese, as plataformas e soluções em nuvem apresentam diversas vantagens em relação à implementação de infraestruturas locais. Entre elas, redução de custos de implementação e escalabilidade no armazenamento de dados. Além de agilidade no processamento para acesso a informações em tempo real.

Desafios

O primeiro grande desafio das empresas do agronegócio  é a questão da conectividade no campo. Outro grande desafio é o de integrar todas as informações em uma única plataforma. Por fim, processar este alto volume de dados em informações relevantes para o ecossistema, principalmente para o produtor rural. Em suma, a adoção das plataformas em nuvem pode solucionar todas essas questões.

 

 

SPRO
No Comments

Post a Comment

Comment
Name
Email
Website