Alcast segue rumo à era digital e implementa SAP S/4HANA

Alcast-1024x921

 

A Alcast, uma das mais modernas e entre as três maiores indústrias de laminados de alumínio do Brasil – responsável e líder também pela produção das panelas Panelux – deu um passo significativo rumo à transformação digital implantando o SAP S/4HANA.

 

Sempre com os olhos voltados para a sustentabilidade e inovação, a empresa é reconhecida por seus clientes e parceiros como uma marca que alia competência técnica, qualidade e compromisso com resultados.

 

No mercado desde 1997, possui matriz em Francisco Beltrão e unidades em Palmas e Araucária – todas no estado do Paraná. Atualmente, o grupo possui mais de 300 itens em seu portfólio, tendo seus produtos comercializados no Brasil e em diversos países no continente americano.

 

A capacidade de produção fabril chega a 12 milhões de peças/ano, mais de 24 mil toneladas de alumínio/ano e emprega mais de 700 colaboradores. A empresa apresenta um crescimento na ordem de dois dígitos anualmente e busca novas aquisições e investimentos para os próximos anos.

 

A marca está sempre seguindo as tendências do mercado nacional e internacional. Buscando inovar a indústria como um todo, acompanha recorrentemente os lançamentos para o setor. A partir da implementação, o grupo vai suportar a operação em longo prazo e já prevendo o crescimento esperado.

 

Dentre os desafios que a companhia vinha enfrentando, estava a falta de informações precisas e em tempo real a fim de auxiliá-la nas tomadas de decisões. A implantação do SAP S/4HANA vai ao encontro do seu planejamento estratégico: trazer agilidade e inseri-la na era digital, bem como, sustentar sua evolução e posicionamento no mercado global.

 

“Nos posicionamos cada vez mais como um dos grandes players do mercado. Vimos a necessidade de adequar nossos processos aos padrões internacionais, que garantam aderência às normas de compliance, buscando sempre assegurar a confiabilidade de informações aos acionistas e investidores”, afirma Altacir Camara Costa, diretor administrativo corporativo da Alcast.

 

Altacir conta que optaram pelo ERP da SAP por incluir um rígido controle de processos e facilidade de integração, além de ser mais moderno e completo. Com o novo investimento, a empresa terá o monitoramento e a padronização das informações, permitindo um acesso ágil e dinâmico, de forma interativa e intuitiva para melhor tomada de decisões.

 

Focada em mudar seus processos, a empresa considerou as melhores práticas alinhadas ao SAP e seguindo um projeto de transformação digital para a indústria 4.0. “O SAP S/4HANA é um sistema consolidado, que embarca todas as soluções integradas; é amplamente difundido, reconhecido globalmente e em uso nas melhores companhias globais”, conta o diretor.

 

“Estamos reforçando a nossa governança corporativa, implementando uma gestão executiva e que auxilie no crescimento da organização de forma sustentável, portanto, o projeto Alcast SAP representa mais um importante marco nas ações de modernização da nossa companhia, diz o presidente da Alcast, Abelson Carles.

 

Com consultoria da SPRO IT Solutions, o pacote de implementação do programa será em nuvem e contará com uma ferramenta altamente avançada: o SAP MII (Manufacturing Integration and Intelligence), que elevará o patamar de automação industrial com controle integrado, aumentando a inteligência da área de produção e conectará equipamentos, pessoas e operações à cadeia de suprimentos estendida.

 

A solução atenderá o backoffice como contabilidade, financeiro, compras e vendas; controladoria, como gestão orçamentária, sistema de projetos e investimentos; Business Intelligence, no planejamento e relatórios analíticos, a área fiscal com automação de entrada e logística, no transporte e armazenagem.

 

Outras importantes áreas atendidas serão a de manufatura, como produção, automação industrial (MII), qualidade e manutenção, a de Recursos Humanos, na linha cadastral; tesouraria avançada, infraestrutura e gestão de riscos como Hedge cambial, financeiro e de estoque.

 

“Esperamos maior sinergia entre as áreas e setores, maior compliance, precisão e velocidade no fechamento dos números e dos resultados. Esperamos elevar a Alcast a um novo patamar dentro do conceito da indústria 4.0”, explica o presidente da Alcast.

 

Abelson conta que o SAP S/4HANA visa transmitir informações rápidas, precisas e qualitativas, necessárias para suprir as demandas de negócio e na tomada de decisão. “A qualidade que a solução entrega para garantir o cumprimento das normas de compliance é ponto imprescindível para nós.  Ao adotar o sistema de gestão da SAP, a Alcast demonstra sua grande capacidade de inovar e atender às demandas tecnológicas e de mercado”, completa o presidente.

 

“A escolha do SAP S/4HANA, para dar sustentação à jornada de transformação digital da Alcast, é um exemplo de como as empresas estão preparando suas operações para novos ciclos de crescimento e de inovação a fim de atuar em mercados cada vez mais competitivos, adicionando inteligência à operação”, ressalta Mário Tiellet, vice-presidente de General Business da SAP Brasil.

 

 

Karol
No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.