Agrária inicia novo projeto com foco no cooperado

Agrária inicia novo projeto com foco no cooperado

download-819x1024

 

A Agrária segue para mais uma etapa na jornada da transformação digital. Com consultoria da SPRO IT Solutions, a próxima fase de implementação englobará a frente de insumos, originação de grãos, gestão de riscos e gestão do cooperado.

 

O controle integrado do core de cooperativas é o maior benefício a ser colhido a partir de então pela empresa. Localizada no distrito de Entre Rios, em Guarapuava/PR, e com 70 anos de presença no mercado, é uma das mais importantes cooperativas agroindustriais do Brasil.

 

A partir deste novo estágio, a Agrária pretende alcançar melhores índices de satisfação do cooperado, reduzirá o tempo de expedição de insumos e sementes e diminuirá o número de romaneios cancelados.

 

“Essa é uma etapa essencial para encerrarmos a implantação do SAP com êxito, pois contemplará nosso negócio de insumos, cereais e sementes, e os departamentos de atendimento ao cooperado e assistência técnica; áreas que estão diretamente ligadas às atividades dos nossos cooperados”, afirma Walter Galvan, gerente administrativo e financeiro da Agrária.

 

Com faturamento anual na casa dos R$ 4 bilhões, a Agrária conta com cooperados que atuam principalmente nas culturas de soja, milho, trigo e cevada. Às commodities agrega-se valor por meio das unidades de negócios Agrária Malte, Agrária Farinhas, Agrária Nutrição Animal, Agrária Sementes, Agrária Óleo e Farelo e Agrária Grits e Flakes.

 

Walter conta que, apesar das dificuldades impostas pela pandemia, a cooperativa conseguiu se adaptar de maneira rápida a este novo cenário, mantendo o ritmo de suas atividades e, ao final de 2020, comemorou o maior faturamento de sua história.

 

“A meta para os próximos anos é que nossa receita operacional continue crescendo de forma sustentável. Para alcançarmos esse objetivo, estamos desenvolvendo uma série de projetos que visam à ampliação dos nossos negócios”, complementa o gerente.

 

Destaque para a Maltaria Campos Gerais, que será construída em Ponta Grossa, no Paraná, por meio de uma parceria com outras cinco cooperativas paranaenses. O empreendimento será inaugurado em 2023 e deve aumentar a produção de malte em 240 mil toneladas por ano.

 

Em abril do ano passado, a cooperativa já tinha iniciado outro grande projeto: a conversão do SAP ECC para o SAP S/4HANA – última versão do software de gestão da SAP. O go live ocorreu em dezembro e contou com o Customer Care, um programa de suporte da SAP que acompanha todas as fases do processo.

 

Dentre as áreas atendidas nas fases anteriores, estavam controladoria, financeiro, planejamento orçamentário, planejamento logístico, compras e qualidade, administração de pessoal, H&S, indústrias, administração de ativos, projetos e manutenção.

 

Outro grande resultado a ser coletado está na excelência com o SAP ACM (Agricultural Contract Management) para gestão de contratos agrícolas e SAP CM (Commodity Risk Management) à frente de gestão de riscos.

 

Walter explica que, devido à importância que a terceira fase do Projeto de Excelência tem para a Agrária, foram priorizados dois fatores na escolha da empresa que faria toda a implementação: uma boa proposta comercial e um escopo técnico consistente, aderente às expectativas da cooperativa.

 

“Em 2020, trabalhamos ao lado da SPRO na conversão para o SAP S/4HANA. Essa experiência foi positiva e, somada à bagagem e reputação da SPRO junto a outras empresas do agronegócio, nos fizeram optar por essa parceria novamente”, diz o gerente.

Karol
No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.